Características

  • Publicação do Serviço Especial da FEB
  • Informativo Zé Carioca
  • Nº 150 – 16 de maio de 1945 (logo após o final da guerra na europa)
  • 1 folha (frente e verso)

 

Zé Carioca foi criado pelo próprio Walt Disney dentro do Hotel Copacabana Palace quando esteve no Brasil em 1941.


Ele é retratado como o típico malandro carioca, sempre escapando dos problemas com o "jeitinho" característico.

Sua primeira aparição foi no filme Saludos Amigos, como amigo do Pato Donald.
Descrito pela
Time como "um papagaio brasileiro elegante, que é tão superior ao Pato Donald quanto o Pato era ao Mickey Mouse".


O uso do guarda-chuva pode ter vindo do Dr. Jacarandá, um figura do folclore carioca da época.

 

Na história

A FEB, à semelhança dos demais Exércitos aliados que lutaram na Itália, dispusera também dos seus jornais próprios. Um deles era o Zé Carioca, um pequeno boletim mimeografado em Florença e que trazia, muito resumidamente, as notícias do mundo apanhadas pelo rádio.

O Redator-chefe do Zé Carioca era o Cabo José Cesar de Andrade Borba, do QG da Artilharia Divisionária. Tinha edição duas vezes por semana, e esses boletins corriam toda a frente da FEB.

(Créditos texto – Museu Virtual da FEB)

Jornal Zé carioca - 2ª Guerra Mundial

R$ 0,00Preço